Diversidade! "Procurando Dory" apresenta o primeiro personagem transgênero da Disney.


Disney vem, em seus filmes, procurando retratar cada vez mais a diversidade da vida real, em um movimento que busca tanto a inclusão quanto o empoderamento de segmentos sociais historicamente excluídos.

Após a princesa Tiana, a primeira negra da Disney, e personagens como Mulan, Mérida (Valente) e Elsa (Frozen - Uma aventura congelante), cuja história destoa do estereótipo de princesa submissa, frágil e em busca de um príncipe encantado e foca claramente em personagens femininas fortes e empoderadas, a gigante do entretenimento irá apresentar a sua primeira personagem transgênero: Sting-Rhonda, nome social de uma arraia nascida Sting-Ray (nome "de registro" masculino).


Embora possa parecer insignificante, a um olhar mais superficial, retratar a diversidade de gênero (bem como a étnica), se faz de crucial importância na delimitação do lugar social de inúmeras crianças transgêneros, que, via de regra, colocadas às margens, agora poderão se reconhecer em personagens retratados nos filmes, que, por sua vez, além de inicialmente representar, também atuam como promotores de inclusão social das diversidades e combatem o preconceito.

‘Procurando Dory’ estreia no Brasil no dia 30 de junho.


Vale a indicação!


Link da notícia:

http://brasil.elpais.com/brasil/2016/06/14/cultura/1465905099_170209.html


Posts Em Destaque