A (crucial) importância do sono


A insônia, seja ela inicial, intermediária ou tardia, bem como a percepção diária de um sono não-reparador, traz inúmeras implicações subjetivas e orgânicas ao sujeito.


A desregulação do sono, ou seja, a dificuldade em iniciar, manter, ou alcançar um sono reparador, traz significativas consequências a todo o organismo. No campo da saúde mental, teremos correlações diretas com sintomas afetivos, no campo da depressão ou da (hipo)mania; ansiedade; estresse; agravamento de sintomas psicóticos; distúrbios alimentares; sintomas de desatenção, bem como prejuízo da memória, criatividade e capacidade de raciocínio.


Fadiga, prejuízo da coordenação motora, envelhecimento precoce e até tumores são outros sintomas ligados aos ditos "distúrbios do sono".

Vários são os fatores que podem afetar a qualidade do sono, desde preocupações cotidianas a sintomas das mais variadas afecções e o manejo da desregulação do sono pode ser feito através de abordagens que podem se complementar, sejam elas farmacológicas ou psicoterapêuticas/ psicanalítica.


O tratamento, na maioria das vezes, "simples", traz grande qualidade de vida a quem o procura, o que pode ser percebido no campo pessoal, laboral e até social.

Temos ótimos profissionais em nossa cidade. Procure ou peça a indicação de um!


Veja notícia em que atriz de "Sex and the city" fala sobre sua luta contra a insônia crônica:


http://emais.estadao.com.br/noticias/gente,atriz-de-sex-and-the-city-fala-de-sua-luta-contra-a-insonia-cronica,10000057545


Posts Em Destaque