Amamentação e Saúde Mental: um diálogo NECESSÁRIO

Dentre os grandes objetivos que almejava ao criar este site, um deles era poder promover diálogos com as mais diversas áreas e especialidades do cuidado e da promoção de saúde mental. Para isto, sempre que houver algum tema que julgar relevante, irei propor um diálogo sobre ele com colegas das mais diversas especialidades e os trarei em forma de textos, podcasts, vídeos, entrevistas...


A ideia é mostrar que há cuidado e promoção de cuidado em saúde mental desde as primeiras horas do bebê até as últimas horas de vida de cada ser humano.


Para dar início a estes diálogos, nada melhor do que tratar de uma temática que nos aparece logo nas primeiras horas de vida de cada um: a amamentação.


Você pode, de ímpeto, se questionar: mas o ato de amamentar tem alguma relação com saúde mental? E a resposta que temos é: SIM!


Para este primeiro diálogo, aproveitando a SEMANA MUNDIAL DA AMAMENTAÇÃO (Agosto Dourado), convidei a enfermeira e consultora em amamentação Hévylla Feitoza. Tivemos uma conversa em que abordamos diversas temáticas, as quais serão postadas no decorrer da semana, em partes.